O RECONHECIMENTO DO DIREITO À DESCONEXÃO COMO INSTRUMENTO JURÍDICO AO COMBATE DA SÍNDROME DE BURNOUT NAS RELAÇÕES DE EMPREGO

2019

Amanda de Carvalho Gonzaga

O presente trabalho teve o intuito de alertar aos leitores dos riscos que o excesso de trabalho pode trazer. Além disso, quis demonstrar como o Poder Judiciário vem se comportando diante a tantas mudanças. O crescimento da Síndrome de Burnout já é um fato do mundo globalizado, inclusive no Brasil capitalista, e o seu estudo é necessário. O excesso de trabalho; excesso de responsabilidade; excesso de tecnologia e as altas taxas de desemprego, são fatores, como se verá no presente estudo, que vêm criando um cenário instável psicologicamente. Por fim, encerra-se esse resumo trazendo a linha tênue entre o desenvolvimento e o equilíbrio, ratificando a necessidade de se falar em doenças da sociedade e suas prevenções, para que não fiquemos todos mentalmente instáveis em prol de ?futuro prometido?. Palavras-chaves: síndrome de burnout, direito à desconexão, estafa mental, relaçãos de emprego da modernidade, Brasil